Editais

capa do edital

Rio de Janeiro, 19 de Janeiro de 2018

A Revista Akeko nasce da vontade de ter e proporcionar um espaço acadêmico para publicação de artigos escritos por formandas e formandos, recém-formadas e recém-formados de todas as áreas. A primeira edição está se desenvolvendo com a iniciativa de alunas e alunos da turma 2017.1 e com o apoio do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas em Direitos Humanos (NEPP-DH), órgão suplementar do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH).

A escolha do nome da revista teve centralidade na reparação histórica da desimportância dada à plural cultura do continente africano que tanto influenciou na construção da cultura brasileira. Sendo assim, para firmarmos nosso posicionamento político, o tema da primeira edição é negritude.

Negritude foi uma corrente literária formada por escritores negros de países colonizados pela França. O termo surgiu em 1935 na revista L’étudiant noir (l’etudiant, o estudante em francês, bem semelhante à akekoo, aprendiz em yorubá) e tinha o objetivo de valorizar a cultura negra e lançar luz sobre a colonialidade.

Para nós, o tema negritude é amplo e pode agregar assuntos como apropriação cultural, lugar de fala e de escuta, colorismo, interseccionalidade, feminismos negros, mulherismo africana, entre outros. Ou seja, todo tema que tenha como centralidade o viver das pessoas negras no Brasil e no mundo.

  • Breve guia para autores e autoras

Atente-se: a não observação das especificações aqui descritas poderá implicar a não avaliação de seu artigo pela Comissão Editorial. O Conselho Editorial poderá, ocasionalmente, publicar trabalhos de autores convidados especialistas no tema, que também irão passar por um processo de revisão pela comissão editorial.

Os artigos submetidos deverão ser inéditos. É adequado que se evite o envio do mesmo artigo para apresentação de mais de um periódico simultaneamente para que não haja mobilização de revisão, diagramação, entre outras funções em vão. Excepcionalmente, artigos já publicados, de maneira impressa ou digital, serão aceitos com a condição do acompanhamento da autorização escrita e assinada pelos autores e autoras e pelo Conselho Diretor do veículo no qual o trabalho tenha sido originalmente publicado.

As autoras e autores devem excluir do texto (corpo, notas de rodapé, referências etc.) toda e qualquer menção a seus nomes e obras, substituindo-os por “autor (a)” ou “autor (a) (ano)”. Os metadados nos editores de texto também não devem conter qualquer informação relativa à autoria do arquivo. As informações de autoria serão incluídas após o aceite do artigo, quando a equipe editorial reencaminhar o referido arquivo para a autora ou autor, com sugestão de modificações, se houver.

O artigo, redigido em português, espanhol ou inglês, deve ter até 5 mil palavras – excluídos os resumos e palavras-chave em português e inglês/espanhol; incluídos tabelas, quadros e referências. No corpo do texto, utilize apenas o itálico como grifo.

Apresentação do artigo deve respeitar a seguinte ordem: título, resumo e palavras-chave, todos em português, sendo opcional a escolha por inglês ou espanhol como língua estrangeira para ser utilizada no resumo e nas palavras-chave. O título deve ter até 12 palavras, o resumo, até 90 palavras (ou até 600 caracteres incluindo espaços) e as palavras-chave devem ser de 3 a 5 palavras com aspecto descritivas do foco do texto. Já o resumo deve apresentar, em síntese, o objetivo, a metodologia, o roteiro a ser seguido (não detalhadamente) e os aspectos relevantes do trabalho.

O artigo deverá ser enviado revisado conforme as normas gramaticais vigentes e no formato .DOC ou .DOCX para o e-mail revistaakekoufrj@gmail.com com o assunto “Submissão de artigos | 1ª edição” seguidos do nome e o sobrenome do autor, mês e ano de envio. Os artigos devem seguir os critérios da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e, durante a edição da equipe da revista, serão adequados ao projeto e formato editorial do periódico.

  1. Citações e referências

Conforme as regras da ABNT, citações com até três linhas devem estar dentro do corpo do texto, entre aspas e citações com mais de três linhas devem ser recuadas para a linha do parágrafo, sem aspas e com espaçamento interlinear simples. O nome do autor citado pode constar de duas formas: 1.  No corpo do texto, com grafia normal para nomes próprios (ex.: “Segundo Ribeiro (2017, p. 22), “O lugar de fala…”) ou 2. Entre parênteses, em caixa alta (ex.: “O lugar de fala …” (RIBEIRO, 2017, p. 25)”. Apenas os documentos citados no trabalho devem constar nas referências e apenas o itálico deve ser usado como recurso de destaque tipográfico nas referências.

Exemplos de referências:

  • Livros (obra completa):

NASCIMENTO, A do. O genocídio do negro brasileiro: processo de um racismo mascarado. São Paulo: Perspectivas, 2016.

  • Capítulo (volume, fragmento e outras partes de uma obra com autor próprio):

GONZALEZ, L. A Mulher Negra na Sociedade Brasileira. In: LUZ, M. T. (org.) O Lugar da Mulher, estudos sobre a condição feminina na sociedade atual. Rio de Janeiro: Graal, 1982. p. 89-106.

  • Legislação (meio eletrônico):

BRASIL. Lei 11.340, de 7 de agosto de 2006. Cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do § 8o do art. 226 da Constituição Federal, da Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres e da Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher; dispõe sobre a criação dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher; altera o Código de Processo Penal, o Código Penal e a Lei de Execução Penal; e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11340.htm&gt;. Acesso em: 12 nov. 2017.

  • Periódicos/revistas:

CARNEIRO, S. Mulheres em Movimento. Revista Estudos Avançados, USP, 17 (49), 2003. p. 117-132.

  • Jornais:

GONZALEZ, L. A esperança branca. Folha de São Paulo, São Paulo, 21 mar., 1982. Caderno Folhetim, p.5.

  • Pelo título e em meio eletrônico:

ARRANJO tributário. Diário do Nordeste Online. Fortaleza, 27 nov. 1998. Disponível em: <http://www.diariodonordeste.com.br&gt;. Acesso em: 25 ago. 1998.

  • Evento:

SALGADO, A. C. et al. Contextualizando dados. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCOS DE DADOS, 16., 2011. São Paulo. Anais… São Paulo: USP, 2011. p.3-4.

  1. Resenhas

A Revista Akeko também receberá textos de até 10 mil caracteres (incluindo espaços) que contenham uma análise crítica de livros publicados nos últimos dois anos, necessariamente relacionados ao campo temático da edição da revista indicado acima.

Condições para submissão

Para a submissão de resenhas, os textos devem ser adequados a todos os critérios listados abaixo. Podem ser provenientes de demanda livre ou convite. O Conselho Editorial decide quanto à publicação, levando em conta temática, qualidade, boa redação e disponibilidade de espaço. Só serão aceitas resenhas com até duas autoras e/ou autores. As submissões que não estiverem de acordo com as normas não serão aceitas e, por consequência, devolvidas aos autores:

  • É vedada qualquer menção aos nomes e obras das autoras e/ou autores no texto (corpo, notas de rodapé, referências etc.) e nos metadados do arquivo, obedecendo as instruções disponíveis acima e assegurando a “avaliação pelos pares cega”;
  • O artigo, redigido em português, espanhol ou inglês, deve conter até 5 mil palavras – excluídos os resumos e palavras-chave em português e inglês/espanhol; nesse limite devem estar incluídos tabelas, quadros e referências;
  • No corpo do texto, utiliza-se apenas o itálico como grifo, não utilizando-se negrito, sublinhado ou qualquer outro recurso;
  • O artigo deve ser apresentado com título, resumo e 3 a 5 palavras-chave; em português e inglês/espanhol. O título deve conter até 12 palavras. O resumo deve conter até 90 palavras (ou até 600 caracteres incluindo espaços);
  • O arquivo deve estar em formato .DOC ou .DOCX;
  • O artigo deve obedecer as normas gramaticais vigentes;
  • Os artigos deve seguir os critérios da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT);
  • As citações e referências devem estar em consonância com o “Breve guia para autores e autoras”, acima exposto.

 

  1. Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, norteada pelo princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público permite compartilhamento e maior democratização do conhecimento.

  1. Calendário
Submissão de artigos e resenhas Até 21/02/2018
Resultado 23/03/2018
Publicação da revista 27/04/2018